cael-açao-febrac

 

A IX Ação Nacional Febrac – Limpeza Ambiental será realizada no próximo sábado, 17 de setembro, em escolas, creches, áreas verdes e principais cartões postais do País. O evento é promovido pela Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac), em parceria com os Sindicatos Estaduais Associados, e contará com a participação de cerca de mil voluntários, entre trabalhadores e empresários das empresas de asseio e conservação.

Durante todo o dia, voluntários estarão envolvidos nos trabalhos de conservação que vão envolver corte de grama, poda de árvores e limpeza com produtos biodegradáveis. Empresas parceiras aos Sindicatos disponibilizarão todo o maquinário e material necessários para garantir a qualidade da ação.

O presidente da Febrac, Edgar Segato Neto, conta que o lixo coletado, após separação, será entregue a entidades locais de reciclagem. “Pretendemos por meio deste trabalho, chamar a atenção da população para os cuidados que devemos ter com as áreas públicas, as quais todos desfrutamos. Além disso, temos o dever de retribuir ao meio ambiente tudo o que ele nos oferece”, contribuiu.

Mutirão de Contratação

Além das atividades envolvendo a limpeza e conservação, será realizado o Ato de Cidadania: o recrutamento para contratação profissional de pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados, pessoas que tenham cumprido o Programa de Reabilitação Profissional pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e que, ao final do programa, recebem um certificado que lhe garante esta condição.

Neste ano, as empresas do setor disponibilizaram milhares de vagas em todo o Brasil. “Esta é uma oportunidade para mais de 44 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência no Brasil conquistar um trabalho, e se estende também para as empresas que sentem dificuldade em contratar pessoas com deficiência, principalmente para cargos que não são administrativos”, contou o presidente da Febrac.

Recepcionistas, telefonistas, digitadores, porteiros, vigias, serventes e auxiliar de serviços gerais são apenas algumas das áreas que os trabalhadores podem atuar no segmento de asseio e conservação.

A Lei de Cotas (8.213/91) determina que empresas com cem ou mais funcionários incluam 2% a 5% de pessoas com deficiência ou beneficiário reabilitado no seu quadro de efetivos. E para cumprir a lei, as empresas do setor de serviços poderão promover palestras sobre inserção, convênios e divulgam vagas voltadas para PcDs.

No mercado formal, as pessoas com deficiência recebem todos os benefícios garantidos por lei para todos os trabalhadores, como plano de saúde, aposentadoria, FGTS, transporte e alimentação. No setor de serviços, essas pessoas têm ainda a oportunidade de aprender uma profissão, em centros de treinamentos especializados. Apesar de tantos benefícios, existem entraves para a absorção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

IX Ação Nacional Febrac – Limpeza Ambiental

Data: 17 de setembro de 2016

Mais informações: comunicacao@febrac.org.br / (61) 3327-6390

Fonte: Assessoria de Comunicação da Febrac- 13/9/2016.

0 Likes
502 Views

You may also like

Comments are closed.